Sobre Nós

Screen Shot 2019-01-24 at 5.04.19 PM.png
 

Este trabalho foi idealizado pelo embaixador Edmundo Sussumu Fujita (em memória), é executado e coordenado pela embaixatriz Maria Ligaya Abeleda Fujita, Professora Doutora Monica Setuyo Okamoto (UFPR) e pelo Professor Doutor Masato Ninomiya (USP). Faz parte do Projeto de Extensão Universitária intitulado Arquivo de História Oral de Grupos Étnicos Minoritários que teve início em setembro de 2017 e conta com a participação de alunos e alunas do Curso de Letras Japonês, da Universidade Federal do Paraná. É uma web série documental dirigida por Diego da Costa, Alexandre Nakahara e Pedro Tinen, produzida pela Pietà Filmes.

A série, bem como a proposta deste site, é trabalhar com projetos que envolvam o tema da etnicidade asiática dentro da sociedade brasileira e no exterior.

NipoBrasileiros é o primeiro trabalho a ser lançado no site www.nipobrasileiros.com e tem a intenção de abrir um espaço interativo para futuros projetos acadêmicos e de arte com a participação da comunidade nacional e internacional.

 
 

 
SelvagemLogo_pieta.jpg
 
 

Pietà Filmes e Produções é uma jovem produtora com grandes parcerias e projetos cujo maior capital é a expertise de seus sócios em áreas complementares de todo o processo da cadeia audiovisual. Diego da Costa possui experiência para desenvolver projetos e coordenar um excelente trabalho em equipe, enquanto que Von Gabriel é o elo forte nas negociações, busca por financiamentos e divulgação dos projetos. Em 6 anos de existência já produziu 3 filmes de longa-metragem de ficção: Os Caubóis do Apocalipse (feito de modo totalmente independente, mas exibido e premiado em festivais e circuito comercial e licenciado pelo Telecine e Canal Brasil, 2018), São Ateu (em finalização) e Selvagem (estreia em Novembro de 2019), que conta com Lucélia Santos, Rincon Sapiência e Vilma Melo no elenco e tem apoio da “Tintas Coral” e “Canon”.

Coproduziu o documentário para televisão A Plebe é Rude (Canal Brasil, 2016), produziu a websérie Atadas (estreia em Agosto de 2019), além de diversos curtas e videoclipes. Hoje, em seu espaço são desenvolvidos os roteiros das séries O Culto, As Meninas do CAO e Café Quebec e os roteiros dos longa-metragens de ficção Trilhas da Noite, Deus, a Avó, a Macaca e um Fusca e Corte Geral. Atualmente está em produção com a websérie NipoBrasileiros em parceria com a Universidade Federal de Curitiba.

 
 

CRIADORESPrancheta 1-80.jpg
 

Diego da Costa (Diretor e Produtor)

Cineasta e bacharel em Comunicação Social - Midialogia pela Unicamp. Em sua carreira como diretor e produtor realizou o curta-metragem de ficção Argentino, premiado no IV Paulínia Festival de Cinema e o documentário para televisão A Plebe é Rude, uma coprodução com Canal Brasil. Seu primeiro longa-metragem de ficção, Os Caubóis do Apocalipse (2018) foi feito de modo totalmente independente, exibido e premiado em festivais nacionais e internacionais e posteriormente licenciado pelo Telecine e Canal Brasil. Selvagem, seu segundo longa-metragem de ficção que conta com Lucélia Santos e Rincón Sapiência no elenco está em fase de finalização, foi premiado no encontro de Mercado do 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e participou da seleção oficial do Ventana Sur, o maior encontro de mercado da América Latina.

 

Pedro Tinen (Diretor e Roteirista)

Cineasta, roteirista e programador de cinema e audiovisual. Coordenador dos Programas

Brasileiros do Festival Int. de Curtas de SP (Curta Kinoforum) e colaborador dos festivais

Mix de Diversidade e Ecofalante. É diretor e roteirista de série NipoBrasileiros (2019) e produtor da série Atadas (2016). Mestre em Multimeios pela Unicamp, foi colaborador da coleção Grandes Diretores do Cinema (Folha de São Paulo/2018) e é também especialista em cinema japonês e asiático.

 

Alexandre Nakahara (Diretor e Montador)

Cineasta e bacharel em Comunicação Social - Midialogia pela Unicamp. Atualmente é mestrando em Meios e Processos Audiovisuais na ECA-USP, onde realiza pesquisa financiada pela CAPES sobre a representação de brasileiros em filmes japoneses. Sua carreira na produção audiovisual abrange a produção, direção e montagem de curtas metragens, documentários e conteúdo para internet. Em 2016 dirigiu e produziu o documentário curta metragem Lugares de Medo e Ódio de temática LGBTQ e exibido em mais de quinze festivais nacionais e internacionais.

 

 

Criação e direção: Alexandre Nakahara, Diego da Costa, Pedro Tinen

Produção Executiva: Diego da Costa e Rodrigo da Costa

Produção: Giovanni Franchischelli

Fotografia: Giovanna Pezzo e Guilherme Ghussn

Assistente de Camera: Guilherme Ghussn e Giovanna Gil

Som Direto: Diego da Costa e Giovanni Franchischelli

Montagem: Alexandre Nakahara e Diego da Costa

Editor/Mixing: RBS

Motion e Títulos: João R.

Arte: Heitor Yida

Web designer: André Turtelli Poles

Assessoria de Imprensa: Mariana Sanches Rubini

 

IDEALIZADORESPrancheta 1-80.jpg
 

Edmundo Fujita (1950-2016)

Primeiro descendente de asiático a alcançar o topo da carreira diplomática brasileira, 94 anos após o começo da imigração japonesa no Brasil em 1908.

Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo. Bolsista do Governo Japonês na Universidade de Tóquio, onde fez pesquisa sobre História Diplomática do Japão.

Mestre em Política Comparada pela London School of Economics and Political Science. Londres.

Pesquisador - United Nations for Disarmament Research (UNIDIR), Genebra.

Serviu como diplomata em Londres, Tóquio, Moscou e Nova Iorque, onde foi Representante Alterno no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Foi a, Subsecretário de Análise e Avaliação da Secretária de Assuntos Estratégicos. Presidência da República, onde coordenou o Projeto Brasil 2020.

Foi Embaixador em Jakarta, Indonésia e Embaixador em Seul, República da Coreia.

Escreveu vários artigos; recebeu várias condecorações; lecionou e fez parte da banca examinadora doInstituto Rio Branco do Ministério da Relações Exteriores.

 

 

Masato Ninomiya

Nasceu em Nagano, Japão em 1948, imigrou para Brasil em 1954 e se naturalizou brasileiro em 1971.

Bacharel em Direito, Faculade de Direito, Universidade de São Paulo (USP).

Bacharel em Língua e Literatura (Japonesa e Portuguesa).

Mestre em Direito, Universidade de Tóquio.

Doutorado em Direito, Universidade de Tóquio.

Advogado-Titular da Advocacia Masato Ninomya.

Professor de Direito Internacional Público e Privado, Universidade de São Paulo e Professor Visitante na Universidade de Hiroshima no Japão

Foi Professor Visitante na Universidade de Tóquio e outras universidades no Japão

Presidente, Centro de Informação para Trabalhadores Brasileiros no Exterior Diretor e Vice-presidente, Hospital Santa Cruz em SP

Assessor Especial para America Látina, Japan International Cooperation Agency (JICA)

Recebeu vários prêmios e medalhas, e autor e tradutor de vários livros e artigos.

Maria Ligaya Abeleda Tolentino Fujita

Bacharel em Ciências Políticas, Universidade das Filipinas; Mestrado em Diplomacia, Occidental College, Los Angeles (California, EUA); Doutorado em Estudos Internacionais, Universidade de Denver (Colorado, EUA); Pesquisadora com Bolsa do Fundação do Japão na Universidade de Tóquio sobre Política Externa Japonesa; Cursou Sociologia de Desenvolvimento na London School of Economics and Political Science em Londres.

Foi Representante Adjunto do Programa das Nações Unidas no Brasil (PNUD), e Assessora do Vice-Diretor para Programas Populacionais do Fundo de População das Nações Unidas em Nova Iorque; Lecionou Ciência Política e Política Internacional na Universidade das Filipinas em Manila.

Enquanto acompanhava o Embaixador Edmundo Fujita nos postos no exterior, atuou como consultora na área de formulação, monitoramento e avaliação de projetos de programas.

 

 

Monica Setuyo Okamoto possui Mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Assis (2001) e Doutorado em Letras (Estudos Tradutológicos de Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2011).

Foi docente do Departamento de Letras Modernas da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho- Assis (1996-2011) e, atualmente, é Professora Adjunta do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas (DELEM), da Universidade Federal do Paraná (2011 até o presente momento).

Atualmente, coordena o Projeto de Extensão Universitária “Arquivo de História Oral de Grupos Minoritários Étnicos” da UFPR, o qual é desenvolvido juntamente com os alunos e alunas do Curso de Letras Japonês, desta instituição.

Integra a equipe do grupo de pesquisa CNPq: TRANSFOPRESS (Estudo da imprensa estrangeira no Brasil) Processo: 446392/2014-6, desde 2014. É pesquisadora da National Research Foundation of Korea (NFR-2017S1A2A2041735) na área de imigração asiática, desde 2017.

Organizou, juntamente com Francisco Hashimoto e Janete Tanno, a obra Cem anos da imigração japonesa: história, memória e arte (Editora da Unesp, 2008), traduziu o romance Sôbô (Ateliê, 2008) em conjunto com Takao Namekata e Maria Tomimatsu e publicou a obra A influência francesa no discurso brasileiro sobre o Japão (Porto de Ideias Editora, 2016).

Sobre o Projeto de Extensão Universitária

O Projeto de Extensão Universitária Arquivo de História Oral de Grupos Minoritários Étnicos tem como intenção criar um arquivo de história oral abrigando relatos de vivência dos asiáticos brasileiros proporcionando a reconstrução da história/memória da vida, da atuação e das contribuições culturais, socioeconômicas e políticas desse grupo. Em termos sociais, esse arquivo de história oral oportunizaria aos imigrantes asiáticos e seus descendentes um espaço acadêmico e social para deixarem o seu legado às futuras gerações de pesquisadores, uma vez que a representatividade desses grupos não está sendo registrada pela história oficial. A intenção primordial é tentar compreender as visões de mundo, as aspirações desses imigrantes e seus descendentes dentro de um determinado período da história imigrantista asiática.

 

 

Alunos (as) do Curso de Letras Japonês da UFPR participantes do projeto

Andrey Almeida Melo

Eduardo Aluísio de Gang Fabro

Hely Cristian Branco

Larissa Schmitz Nunes

Maico Cristiano Wolfart

Silvio Menezes da Silva

Willians Marco de Castilho Junior

 

Colaboradores Externos

Fabiana Patrocínio 

Gil Vicente Nagai Lourenção

Simone Fernandes Felippe Nagumo